Planejamento do trabalho na Atenção Primária: experiências para qualificação da assistência

Mleudy Layenny da Cunha Leite, Manases José Bernardo de Lima

Resumo


Introdução: Os municípios de Igarassu e Itapissuma em 2011 aderiram ao PMAQ, o qual implica em melhor acesso e qualidade com avaliação do desempenho das ações executadas nas unidades de saúde da família, infra-estrutura e resultados da avaliação da satisfação dos usuários, intensificando suas ações com vista a organização dos serviços a partir do diagnóstico das necessidades e gestão co-participativa.

Objetivos: Realizar junto as equipes avaliações de suas práticas, implantar outras práticas integrativas e fortalecer ações já existentes nos municípios. Coletar dados para construção do plano de intervenção do PMAQ, onde este serve para nortear os gestores para investimentos dos recursos.

Metodologia ou Descrição da Experiência: Várias oficinas foram realizadas, no período entre fevereiro e junho do ano de 2012, com as equipes de saúde da família e os gestores de vários serviços como: atenção primária, vigilância em saúde, telessaúde, NASF. Tinham como método de trabalho a corresponsabilização e exposição discursiva e dialogada com os atores. Planilhas foram impressas para levantamento de treinamentos com custo previsto para realização da ação, também foram discutidos os desafios para o desenvolvimento das ações do PMAQ, desde a adesão ao programa, monitoramento das metas e avaliação das ações com o intuito de planejar e revisar o impacto das ações nas condições de saúde da população de cada território.

Resultados: Ao todo participaram mais de 57 profissionais de eSF e da gestão, a partir destas oficinas foi produzido um relatório com os produtos esperados que foram: diagnóstico da situação de cumprimento do desempenho e dos Compromissos das eSF e da gestão; Matrizes de Intervenções de acordo com os Padrões de Qualidade; Plano de Investimento/Estruturação da USF; Plano de Trabalho PMAQ/PEFAP; Plano de Educação Permanente; Proposta de Pagamento de Gratificação por Produtividade e Desempenho aos Profissionais, permitindo a organização das ações nas equipes de saúde da família e nortear os investimentos para execução orçamentária e cumprimento das ações a partir da adesão ao Programa.

Conclusão ou Hipóteses: O recurso do programa proporciona maiores investimentos na manutenção de equipamentos, qualificação e pagamento de gratificação dos profissionais, sempre levando em consideração a satisfação do usuário e a qualidade no atendimento. As reuniões e visitas nas unidades da Atenção Primária, proporciona a discursão dos problemas, servindo para direcionar as ações pelos gestores e equipe.

 


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Saúde da Família; Avaliação da Qualidade.

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.